Bruna Mantese2019-05-31T12:54:44+00:00

 Bruna Mantese

Instituição: Núcleo de Antropologia Urbana da Universidade de São Paulo
Projeto de pesquisa: O movimento straight edge em São Paulo: um jogo de identidades  (Bolsa Mestrado I FAPESP)
Palavras-chave: identidades, metrópole, jovens

Resumo: O objetivo da  pesquisa é compreender os processos de construção das identidades de um grupo de jovens em particular, o straight edge, no contexto da cidade de São Paulo, através das relações que mantém com outros grupos por meio de sua incursão na dinâmica da metrópole. O straight edge (“caminho correto” em português) é uma vertente dentro do punk, mas em muitos momentos se apresenta como oposto a ele, e sua conduta é caracterizada por restrições: não consomem derivados de animais nem drogas. A investigação já realizada apontou que essas interações (com hare krishnas, anarquistas, ambientalistas) são operacionalizadas na fruição dos circuitos da cidade que os agrupamentos circunscrevem. Como essa interação é percebida dentro do processo no qual as identidades são edificadas passa a ser, assim, a pergunta central deste trabalho.

Linha de pesquisa no NAU: Práticas culturais e sociabilidade no contexto urbano
Local da pesquisa:  São Paulo-SP
Nível: Mestre – USP
Ano de ingresso no NAU: 2001