César Augusto de Assis Silva2019-03-02T22:22:40+00:00

César Augusto de Assis Silva

 

Instituição: PPGAS-USP
Projeto de pesquisa em andamento: Efatá: missão cristã, surdez e cultura.
Palavras-chave: surdez, libras, atividade missionária com surdos.
Linha de pesquisa no NAU: Antropologia das sociedades complexas; Formas de religiosidade.

Resumo: O objetivo fundamental desta pesquisa é compreender diversas configurações históricas da surdez engendradas por algumas agências religiosas. O foco privilegiado da análise é a comparação etnográfica e histórica das experiências de algumas instituições religiosas – Igreja Católica, Igreja Batista e Testemunhas de Jeová – que têm se ocupado da surdez e estabeleceram práticas que transcenderam o âmbito de suas instituições. Primeiramente procuramos compreender o papel que a Igreja Católica teve para a construção da surdez como uma deficiência a ser sanada pelo ensino da articulação oral e a leitura labial. Em segundo lugar analisamos o papel que protestantes e Testemunhas de Jeová tiveram para afirmar a surdez como uma particularidade étnico-lingüística. Também faz parte de nosso quadro de análise compreender as conexões dessas experiências religiosas com 1) a emergência de um movimento social surdo que elabora um discurso de caráter culturalista; 2) as publicações de intelectuais brasileiros, sobretudo pedagogos e lingüistas, que afirmam a língua brasileira de sinais (libras) como língua e 3) a regulamentação e implementação de uma legislação específica que salvaguarda a surdez como diferença lingüística no espaço público (sobretudo no âmbito educacional). Em suma, a intenção desta investigação é compreender como diferentes agentes e saberes conformam experiências diversas relativas à surdez.

Local da pesquisa: São Paulo-SP
Nível: Doutorado
Ano de ingresso no NAU: 2002