O QUE É O NAU2019-05-31T07:56:53+00:00

O que é uma NAU?

NAU, Núcleo de Antropologia Urbana, formado em 1988 no Departamento de Antropologia da USP, é um grupo de pesquisa e discussões teórico-metodológicas sobre questões relativas às sociedades urbano-industriais contemporâneas.

n-a-u.org dá-lhe infromação sobre o Núcleo integra pesquisadores nos níveis de iniciação científica, mestrado e doutorado que se distribuem em quatro linhas temáticas: Práticas  culturais e sociabilidade no contexto urbano, Formas de religiosidade, Metodos em Antropologia Urbana, Mestrado em Antropologia USP e Antropologia das sociedades complexas. 

Além de estudos localizados na cidade de São Paulo, há trabalhos que foram ou  estão sendo desenvolvidos em outras cidades e centros urbanos brasileiros como Florianópolis, Belém, Curitiba, Natal, São Carlos (SP) e Londrina (PR).

O Núcleo, que é um grupo  cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq e certificado pela USP,  realiza encontros regulares com  seus pesquisadores, estimulando o debate e a reflexão sobre a dinâmica da cidade, as  condições de sociabilidade em escala metropolitana e  instituições próprias das sociedades complexas. Também promove seminários e intercâmbio com outras universidades e centros de pesquisa. 

O que é antropologia urbana?

El antropologia urbana significado es el estudio de los sistemas e identidades culturales en las ciudades, así como las diversas fuerzas políticas, sociales, económicas y culturales que conforman las formas y procesos urbanos. Aunque los antropólogos han figur la ciudad desde la década de 1930, la etiqueta de antropología urbana se hizo común sólo a principios de 1960. El interés por las cuestiones urbanas fue originalmente una extensión del interés antropológico en los campesinos y las zonas rurales. Usando métodos de investigación desarrollados para y a través de estudios de faltan pequeñas y “informó primitivas”, los antropólogos estudiaron comunidades limitadas espacialmente tales como guetos, barrios étnicos y “aldeas urbanas”.”

Antropologia Urbana no Brasil

Durante muito tempo, a antropologia foi definida pelo exotismo de seu objeto de estudo e pela distância, concebida como cultural e geográfica, que separou o Pesquisador de seu grupo. Esta situação mudou. Mesmo (e talvez principalmente) nos centros socialmente legítimos de produção antropológica, o ideal de um encontro com algum tipo de alteridade radical não é encarado como uma dimensão essencial da perspectiva antropológica. Antropologia não é sobre um objeto, é sobre a diferença. Antropologia Urbana no Brasil, embora o exotismo nunca tenha sido um problema em si, alguma dimensão da alteridade tem e continua a ser uma característica básica da antropologia. Mais detalhes você pode encontrar no Museu de Antropologia USP.

Coordenador: Prof. Dr. José Guilherme Cantor Magnani 
Vice-coordenador: Prof. Dr. Vagner Gonçalves da Silva